10 benefícios do café para a saúde

Além de ter um sabor e um cheiro maravilhosos que melhoram qualquer humor, o cafezinho nosso de cada dia pode ser muito bom para a saúde, sabia? Antes de falar sobre quais são os benefícios do café, vale lembrar que ele é a segunda bebida mais consumida do Brasil e só perde para a água. Com tantos adeptos assim pelo Brasil e pelo mundo, alguns estudos já foram capazes de comprovar as vantagens de se consumir a bebida. Confira:

Os benefícios do café no dia a dia

1 . Café faz bem para a memória

O consumo moderado de café ajuda a deixar a memória mais ativa, o cérebro trabalha melhor. De acordo com uma pesquisa da Universidade Johns Hopkins, a cafeína faz bem para a memória de longo prazo, mas não pode colaborar para recuperar a memória perdida, por exemplo.

2 . Café te dá mais energia

Aquele cafezinho de manhã e no meio da tarde para despertar faz todo sentido. Consumir café pode te oferecer mais energia e disposição para o dia, inclusive para a prática regular de exercícios físicos, porque eleva o nível de adrenalina no sangue.

3 . Café ajuda na digestão

Aquele cafezinho depois do almoço salva, não é? O café é estimulante e, por isso, ao ser ingerido aumenta os movimentos gastrointestinais e colabora com a digestão.

4 . Café pode ajudar a emagrecer

O pretinho básico pode ajudar também na perda de peso. Isso porque o consumo de café acelera o metabolismo. O que acontece é que são liberados os ácidos graxos das gordurinhas extras e a taxa metabólica é elevada em até 11%.

5 . Café faz bem ao coração

O café tem propriedades antioxidantes e a sua ingestão pode ajudar a reduzir em 21% os risco de desenvolver doenças de coração. Uma pesquisa realizada pelo InCor (Instituto do Coração) em parceria com a Empraba mostra que não existem evidências de que o café faça mal para quem tem problemas cardíacos. Outro estudo, da Universidade de Harvard, revela que os participantes que bebiam até cinco xícaras grandes de café por dia apresentaram menos risco de morrer de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. Os resultados foram semelhantes para os adeptos da bebida descafeinada, o que sugere que os benefícios vão além da cafeína. Ainda de acordo com outra pesquisa do InCor, o café com a torra mais escura é a melhor opção.

Você pode gostar de ler:

6 . Café protege contra o Alzheimer

Quem consome o café com frequência moderada tem menos chances de ter Alzheimer e também o mal Parkinson. Isso ocorre porque os efeitos dos ácidos e da cafeína ajudam no processo de desinflamação. Segundo um estudo da Universidade da Indiana, nos Estados Unidos, o café tem até 24 compostos que estimulam a produção de uma enzima, que protege os neurônios do estresse e combate o acúmulo da proteína TAU, que está associada ao surgimento de doenças degenerativas.

7 . Café ajuda a afastar a depressão

Um dos benefícios do café é que ele te deixa mais feliz, pois tem leves efeitos antidepressivos. Segundo o Instituto D’Or de Pesquisa, o cheiro do café ativa as regiões do cérebro que provocam sensação de prazer, como sexo e algumas drogas.

8 . Café ajuda a evitar câncer de fígado

O café é rico em antioxidantes. Essa é uma propriedade que colabora para evitar a degradação das células. O café ajuda ainda a melhorar o metabolismo hepático, sintetizando melhor as proteínas e eliminando as toxinas de forma mais eficiente. E mais: o café ajuda na prevenção da fibrose hepática e o começo de uma cirrose.

9 . Café tem poder rejuvenescedor

O poder antioxidante do café já faz parte da indústria da beleza. Essas propriedades retardam o processo de envelhecimento das células do corpo. Grandes marcas de cosméticos apostam forte nos efeitos rejuvenescedores do café verde em cremes anti-rugas, por exemplo.

10 . Café reduz a probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2

Experimento da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, mostra que pessoas que aumentaram o consumo de café a cada dia por 4 anos reduziram em 11% o risco de desenvolver diabetes tipo 2. Por outro lado, os que diminuíram o consumo do cafezinho aumentaram em 17% as chances de desenvolver a doença.

Leia também:

Tenha cuidado com o excesso

Os benefícios do café são evidentes. Mas, se consumido em excesso, o cafezinho pode, sim, fazer mal à saúde. Como tudo na vida, né? Especialistas alertam que quando uma pessoa ingere cafeína demais pode sofrer com alguns efeitos colaterais, como a insônia, estresse e alteração dos batimentos cardíacos. Além disso, vale ressaltar que o café não causa gastrite ou refluxo, mas pode contribuir com os sintomas de quem já apresenta esses quadros.

Se tiver qualquer dúvida sobre a quantidade de café ideal a ser consumida, o recomendado é consultar um especialista e rever seus hábitos e sua alimentação. A média recomendada é de 2 a 3 xícaras por dia, mas cada organismo é único e reage de uma forma.

Gostou de saber sobre os benefícios do café para a sua saúde? Comente com a gente e compartilhe nas suas redes sociais usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo. 

Fotos: Pixabay

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *