Confeitaria Colombo serve cafezinho há mais de 100 anos

Aqui era a parada para o cafezinho de grandes pensadores, políticos e também da alta sociedade do século XIX e início do século XX. A Confeitaria Colombo, fundada em outubro de 1894, pelos portugueses Joaquim Borges de Meireles e Manuel José Lebrão, era frequentada por nomes ilustres como Machado de Assis, Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek e Chiquinha Gonzaga, entre outros.

Considerada uma das mais tradicionais do país, com mais de 100 anos de história, hoje a Confeitaria Colombo atrai turistas de todas as partes do planeta, além de fazer parte do Patrimônio Histórico e Artístico da cidade maravilhosa.

Confeitaria Colombo e seus mais de 100 anos de história

A referência à França é forte e ainda presente. O glamour e requinte da belle époque ainda está nítido em pleno 2016 para quem quiser ver. Espelhos com moldura de madeira de jacarandá, vitrais e bancadas de mármore italiano compõem o visual do ambiente. Para se ter uma ideia, naquela época, o grande público só tinha acesso aos balcões e, sem paletó, era impossível entrar para almoçar ou mesmo fazer um simples lanche com café ou chá no meio da tarde.

O visual é deslumbrante e parada obrigatória para quem visita o Rio de Janeiro em busca de cultura, história e, é claro, boa comida. Os doces, então, são maravilhosos e é impossível comer um só. Destaque para os franceses e portugueses. Por dia, são degustados 2500 deles, em média, somando 50 mil unidades por mês. Já pensou em quantos cafezinhos são necessários para acompanhar?

O espaço também virou moda entre os casamentos na cidade e comporta desde pequenas recepções para até 40 pessoas até uma festa com 250 convidados, no máximo. Para saber mais e fazer um orçamento, envie uma mensagem pelo site do espaço. 

O almoço no andar superior custa R$ 87* por pessoa à vontade. Mas, se quiser apenas um cafezinho ou chá, você pode pedir no balcão e nas mesas do térreo. Geralmente, tem uma fila rápida, mas vale a pena esperar e o atendimento é excelente!

*Valor sujeito a alteração.

Além do endereço tradicional no Centro do Rio de Janeiro, algumas delícias da Confeitaria Colombo podem ser apreciadas no Forte de Copacabana e também no Cristo Redentor.

O Café do Forte é uma boa pedida para o café da manhã. Tem vista para o Pão de Açúcar e a praia de Copacabana. A recomendação é escolher um belo dia de sol é chegar um pouquinho antes do horário de abertura para garantir um bom lugar.

No Cristo Redentor, são dois quiosques abertos em 2015, na área do Centro de Visitantes das Paineiras. Bolo caseiro, coxinha, pastel de forno e o quindim de camisola estão entre as opções disponíveis aos turistas.

Endereços das unidades da Confeitaria Colombo, no Rio de Janeiro

Confeitaria Colombo – Centro

Rua Gonçalves Dias, 32, Centro

De segunda a sexta-feira, das 9h às 19h.

Sábados e feriados, das 9h às 17h.

+55 (21) 2505-1500

*Dica do Um Cafezinho: desça na Estação Carioca do Metrô, vá de ônibus ou táxi. Carro não é a melhor opção. 

Forte de Copacabana 

Praça Cel. Eugênio Franco, 1 – Posto 6 – Copacabana

De terça a domingo, das 10h às 20h.

+55 (21) 3201-4049

Cristo Redentor

Estrada das Paineiras, s/n° – Santa Teresa, Rio de Janeiro/RJ

Para mais informações, acesse www.confeitariacolombo.com.br. 

Visitar a Confeitaria Colombo, especialmente a do Centro, é uma experiência cultural e gastronômica. Não deixe de fazer uma visita e conte pra gente como foi usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo pelas redes sociais. Gostou? Já conhece? Comente aí. 

Foto do destaque: Arquivo RioTur

Compartilhe com seus amigos:

2 comentários em “Confeitaria Colombo serve cafezinho há mais de 100 anos

  1. Ꮋi there! І’m at wоrk browsding your blog from my new apple іphone!

    Just wanted to say I love reading though уiur
    blog and looқ forward tο aⅼl your posts!

    Carry on the excellenht work!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *