Café 5 – Sobre não fazer planos no banheiro

Outro dia li assim: café ajuda quem dorme pouco e sonha muito. Não encontrei a autoria, mas imediatamente me lembrei da Eva. Eu e Eva nos conhecemos na Bahia, tomando um cafezinho. E foi com ela que aprendi sobre não fazer planos no banheiro. Parece louco, mas vi algum sentido.

Explico.

Estávamos conversando sobre a vida, nada específico. Eu, ela e minha irmã. Ela, a Eva, uma mulher visivelmente forte, cuida de duas filhas adolescentes sozinha e nos contava resumidamente e com muito bom humor – o que ela tem de sobra – sobre como foi para chegar ali. Eis que, do nada, a Eva nos perguntou:

– Vocês não ficam sonhando e fazendo bons planos para a vida enquanto estão tomando banho, né?

Eu e minha irmã nos olhamos e rimos, dando a entender que sim. E ela logo continuou, séria:

– Olha, vocês não deviam fazer isso. O que tem de baixo do banheiro é esgoto. O banheiro é um lugar onde a gente se lava, se renova. A gente deixa lá o que não serve mais. Não é lugar de ficar horas e horas pensando e sonhando sobre as coisas boas que queremos para a nossa vida. Tomem banho, escovem os dentes, façam suas necessidades e só.

Fiquei pensando sobre isso naquele dia e, desde então, penso sempre que entro em qualquer banheiro. Se isso tem ou não algum efeito imediato na vida, não sei. Mas, vi algum sentido nas palavras da Eva.

Já tive muitas ideias boas enquanto tomava banho. Isso ainda acontece. Entro com uma questão, saio com uma solução. Espero que isso não mude. Vai ver é porque, ao sair do banho, tudo fica mais limpo, inclusive as ideias. Meu compromisso, a partir de agora, é de tirá-las dali o mais rápido possível.

Continuo dedicando os meus minutos sonhando acordada e fazendo planos para a vida tomando um cafezinho ou antes de dormir. No banheiro, me concentro naquilo que não preciso mais, naquilo que não quero mais. Afinal, é legal fazer planos e sonhar com aquilo que a gente deseja, sim. Mas, também é tão ou mais importante ter bem definido aquilo que não queremos mais. Se água e sabão resolve, pode ser. O exercício é interessante.

Conte aí: você tem esse hábito de fazer planos no banheiro? Divida sua opinião nos comentários. 

 

Contador de cafés

Café número cinco

Esse texto foi escrito no aeroporto de Salvador, na Bahia, no dia 25 de maio, na volta na viagem em que conheci a Eva.

Você vai gostar de ler:

 

Fernanda Haddad é idealizadora e editora do projeto @UmCafezinho. Formada em jornalismo, tem uma empresa de conteúdo e estratégia digital. Trabalhou no Grupo Bandeirantes por quase 5 anos, gerenciou o conteúdo do Universo Jatobá nos primeiros 2 anos de portal e trabalhou em outros projetos de Content Marketing para grandes marcas, em startup. Também é locutora e apaixonada por bulldogs e chocolate. Nas horas vagas, toma café, lê, vê um filme ou outro e escreve um pouquinho. Fernanda escreve às terças-feiras.

Foto: Pixabay

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *