O cliente tem sempre razão?

Quem é que nunca ouviu a frase: o cliente tem sempre razão? Eu concordo, mas até certo ponto. Creio que para qualquer relacionamento dar certo é necessário que todos os lados façam a sua parte. Na relação cliente-estabelecimento não é diferente.

A gente se esforça bastante para oferecer um bom atendimento, mas sabemos que sempre é possível melhorar. Inclusive, algumas atitudes dos clientes podem nos ajudar – e muito!

Você vai gostar de ler:

Vejam algumas dicas:

Decida primeiro, peça depois

É normal ter dúvidas sobre o cardápio, mas se você não faz a menor ideia do que pedir, não chame o atendente para ficar ao seu lado enquanto você escolhe. Outras mesas precisam de atendimento e o garçom sempre tem serviço. Para pedidos no balcão, é a mesma coisa. Lembre-se que há outras pessoas logo atrás de você.

Alterações no cardápio, sim. Criar novas receitas, não

Não se chateie se a gente não puder atender as quatro alterações que você pediu na bebida. Além de existir um cálculo para se chegar ao preço final, a gente trabalhou duro para desenvolver uma receita saborosa e equilibrada. Pequenas mudanças, muitas vezes, por alguma restrição alimentar são bem-vindas!

Adoramos conversar, mas estamos trabalhando

A nossa obrigação é dar o máximo de atenção ao cliente. Alguns, até viram nossos amigos e isso é muito legal! Porém, bom senso é tudo. Se a gente já fez o seu café com todo amor e carinho, mas não conseguimos ouvir a história do seu final de semana na praia, não encare como hostilidade. Guarde a aventura para contar numa outra hora que a cafeteria estiver mais vazia. 😉

Cortesia é só de vez em quando

Muitas vezes agradamos os clientes com algum tipo de cortesia. Um docinho, uma porção de leite, um pouquinho de geleia. Isso não significa que isso tenha que virar hábito. Pode parecer que um pedaço de bolo de graça não faz diferença, mas se a gente der uma fatia para cada cliente todos os dias…

Leia também:

Jamais peça para abrir a porta depois que fechou

Depois que as portas da cafeteria se fecham, a gente ainda tem muito trabalho. Limpamos as máquinas, o ambiente, lavamos a louça, tiramos o lixo. A gente tem família, estuda, treina para se desenvolver, temos amigos e também gostamos de ir tomar café ou simplesmente descansar, porque nossa rotina é exaustiva. Tenha empatia sempre, em qualquer situação.

Respeito é tudo

Se nós sorrimos para você e falamos com educação, retribua com gentileza, não custa nada. Assim, o seu atendimento vai ser ainda melhor porque vamos reconhecer isso em você. Estamos lá para te servir, mas isso não quer dizer que a gente precisa ser mal tratado.

Pediu a conta? Pague

Na hora da conta, chame o atendente ou vá até o caixa e pague. Não fique conversando ou olhando no celular enquanto a gente está ali, em pé, com a máquina de cartão na mão esperando você terminar de falar sobre o cara do Tinder. Sério, pode ser constrangedor.

A gente espera que vocês tenham encarado essa DR de uma forma bem positiva! Como já foi dito, relacionamento é uma via de duas mãos. Por isso, faça suas críticas e conta pra gente o que ainda se pode melhorar quando o assunto é atendimento.

 

Cinthia Bracco atuou quase 9 anos nas áreas de Comunicação e Marketing, mas não conseguiu fugir do que realmente queria o seu coração. Em novembro de 2016 tornou-se barista profissional e trabalha em uma cafeteria, em São Paulo, onde vem aprendendo e se desenvolvendo em sua nova profissão. É vegana, tem um Bull Terrier chamado Tofu, fã de Battlestar Galactica e simplesmente adora comer. Em seu tempo livre, vai a cafeterias (sim, o barismo acaba fazendo parte da vida), brinca com o cachorro, cozinha, assiste séries/filmes e cuida de suas plantas.

Foto: Pixabay

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *