Qual é a melhor cafeteira espresso? Proteste responde

As cafeteiras de espresso estão cada vez mais populares no mercado brasileiro. Máquinas novas surgem o tempo todo, seja para quem gosta das cápsulas de café ou mesmo o pó. Mas, qual é a melhor cafeteira espresso? A Proteste, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, fez uma avaliação com as seis marcas mais vendidas do mercado, sendo que cinco delas usam cápsulas e uma usa o pó de café.

Você vai gostar de ler:

Avaliação: qual é a melhor cafeteira espresso?

Antes de falar sobre os critérios e os resultados do teste, vale pontuar que foram vendidas 650 mil unidades de máquinas de café espresso de dezembro de 2015 a dezembro de 2016. Um número expressivo que movimenta o mercado e a concorrência, ajudando a tornar os preços mais acessíveis.

Os modelos testados foram: Nespresso C60, Nespresso Prodigio, Arno Movenza, Delta Q Evolution, Três Corações Versa e Oster BVSTECMP55.

Foto: Oster BVSTECMP55/Divulgação

De todas, a marca Oster é a única que tem o tubo para a função de vapor, além de possibilitar fazer dois cafés ao mesmo tempo. Dos manuais, o mais completo foi o da Nespresso C60.

Todas as máquinas de café espresso testadas têm bons reservatórios de água, com capacidade média de 800 ml.

 

Confira os outros critérios:

Segurança

Nenhuma das máquinas de café espresso avaliadas apresentou risco de choque elétrico ou queimaduras.

Limpeza

Todos os modelos testados são fáceis de limpar e não apresentaram dificuldades nesse sentido.

Consumo de energia

Os modelos de máquina de café avaliados não usam muita energia. Dependendo do mês e da frequência de uso, o resultado do teste é de um gasto médio de R$ 0,50 a R$1,80 por mês em eletricidade.

Velocidade

Para esse teste, foram tirados dois cafés espressos. Considera-se aqui o tempo de preparo, contando com o aquecimento da água. Por isso, o primeiro café levou, em média, um minuto para ser preparado e o outro, trinta segundos. Todas as marcas avaliadas foram bem.

Temperatura

Quanto à temperatura, apenas a Nespressco C60 foi muito bem avaliada. A máquina preparou os dois cafés dentro da temperatura adequada (entre 64º C e 70º C).

Crema

A crema é aquele creme que fica em cima do café espresso. Esse é um critério para avaliar se o café foi bem tirado da máquina: é bom se ele for espesso e duradouro. Nesse teste, a Nespresso C60 também foi a melhor avaliada.

Afinal, qual é a melhor cafeteira espresso? A seguir, veja o resultado:

Resultado da pesquisa da proteste

Foto: Nespresso C60/Divulgação

Dentre os quesitos avaliados, a cafeteira com melhor pontuação foi a Nespresso C60, seguida pela Oster. A marca que ficou com a nota mais baixa foi a Três Corações, mas ainda assim com boa avaliação. Os resultados, no geral, mostram produtos fáceis de usar e que gastam pouca energia.

Leia também:

A Proteste faz ainda um alerta para o consumidor: tenha atenção ao pagar mais por funções desnecessárias. A Nespresso Prodigio, por exemplo, oferece a possibilidade de fazer café de forma autônoma. Porém, para programar a máquina para fazer apenas um café espresso, é preciso prepará-la antes, colocando cápsula e xícara nos devidos lugares.

Dicas de cuidado e manutenção com a máquina de café espresso em casa:

Depois de saber o resultado do teste de qual é a melhor cafeteira espresso, leia algumas recomendações para cuidar e manter bem a sua máquina de café espresso:

– Antes de comprar, verifique as dimensões da cafeteira e confira se ela cabe na sua casa. Marcas como a Oster e a Nespresso possuem cabos de alimentação de menos de 80 cm, o que pode limitar o posicionamento da máquina.

– Consulte os preços das cápsulas de café para o produto que deseja adquirir ou se há compatíveis, de outras marcas. Há máquinas com preços acessíveis com cápsulas mais caras, que podem não compensar no médio e longo prazo.

Evite receitas caseiras na hora de limpar sua máquina de café espresso. Siga as orientações de cuidados do manual do fabricante.

– Não deixe as cápsulas usadas com acúmulo de água. Isso pode facilitar a proliferação de micro-organismos.

– Deposite as cápsulas de café usadas em locais de coleta do fabricante ou em ecopontos autorizados na sua cidade.

Agora você já sabe qual é a melhor cafeteira de espresso e como usar a sua bem. Deixe um comentário e compartilhe usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo.

Foto: Pixabay

Compartilhe com seus amigos:

Um comentário em “Qual é a melhor cafeteira espresso? Proteste responde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *