Café Starbucks vai abrir megaloja em Chicago, nos EUA

Se você é apaixonado pelo café Starbucks, vai gostar dessa notícia. A maior rede de cafeterias do mundo anunciou na última quarta-feira, dia 26, que vai abrir uma megaloja, como essa da foto, na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, em 2019.

Você vai gostar de ler:

O que vai ter de diferente na loja do Café Starbucks de Chicago?

Essa loja do café Starbucks vai estar na Michigan Avenue, uma das ruas comerciais mais conhecidas do mundo. Lá, os consumidores vão poder curtir o ambiente e acompanhar todo o processo de preparo do café, desde a torra até a embalagem, de forma interativa. Além disso, bebidas novas e exclusivas serão servidas por lá.

E mais: lá vai ser possível encontrar os cafés com lotes limitados, que são lançados pela marca de tempos em tempos, e também vai ter cardápio especial para almoço e jantar.

Serão 4 andares, totalizando 43 mil metros quadrados, totalmente dedicados a uma verdadeira experiência tanto com o café como com a marca. Ou seja, poderemos morar lá!

O Chicago Reserve® Roastery é a terceira loja do café Starbucks que segue esse conceito nos Estados Unidos. A primeira foi aberta em Seattle, em dezembro de 2014. Em Nova York, a previsão é de que seja aberta em 2018. Existem planos de abrir também em Xangai e Milão, no final de 2017, e em Tóquio, com previsão para 2018.

Leia também:

Tem notícia melhor para quem ama tomar #UmCafezinhoPeloMundo? O que achou da notícia do novo café Starbucks em Chicago? Conte para os seus amigos e compartilhe nas suas redes sociais. 

Foto: Divulgação/Starbucks

Compartilhe com seus amigos:

Nesta cafeteria em Kyoto você passa o dia com Pugs

Quem aí gosta de cachorro? Difícil encontrar quem não goste e quem não conheça essas carinhas mais fofinhas tão populares nas redes sociais. Tem uma cafeteria em Kyoto, no Japão, que, além de cafezinho, te oferece a oportunidade de passar um tempinho com pugs.

Leia também:

Pugs fazem sucesso em cafeteria em Kyoto

O nome da cafeteria é Dog Salon Living Room e é lá que estão 11 lindos Pugs para te fazer companhia durante o café. Um verdadeiro time de futebol pet que só tem amor para oferecer para quem passa por lá.

Quem quiser passar por essa experiência fofa maravilhosa, pode escolher entre duas opções: pagando R$ 14 (500 yen) uma pessoa pode pedir até uma bebida e ficar por lá até uma hora ou pagando R$ 28 (1000 yen) uma pessoa pode passar o dia todo curtindo os pets e tomando cafezinhos ilimitados. Já pensou que delícia?

O Dog Salon Living Room, cafeteria em Kyoto, funciona das 13h às 17h no horário local e é preciso fazer reserva com antecedência. O local é fechado às terças e quartas.

O endereço é Kyoto-fu, Kyoto-shi, Ukyo-ku, Saiinnakamizu-cho 18-4.

Para fazer reservas, o número de telefone é 075–874–7989.

Você vai gostar de ler:

Vamos tomar um cafezinho no Japão com essas fofuras?

O que achou dessa cafeteria em Kyoto? Coisa mais linda, né, gente? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo. Conhece mais alguma cafeteria com temática diferente pelo mundo? Conte aí nos comentários. 

Fotos: Reprodução/©RocketNews24

Compartilhe com seus amigos:

Brasileiro faz convite para um café e publica experiência no Instagram

Um brasileiro de 30 anos começou um projeto muito interessante pelo Instagram. Victor Freitas chama os amigos que tem nas redes sociais, faz um convite para um café e depois publica a experiência em sua conta. Ele mora em São Paulo e explica que foi inspirado pela iniciativa de Matt Kulesza, um australiano que criou um projeto similar com o objetivo de encontrar pessoalmente os seus amigos virtuais.

Você vai gostar de ler:

Victor deu o ponta pé inicial no projeto em agosto de 2016 e o convite para um café com amigos do mundo digital é semanal. “Após ter passado por um momento de depressão, tomei a decisão de fazer algo novo e também aproveitar para conhecer mais quem eu supostamente conhecia. Percebi que, na verdade, eu não conhecia nem mesmo as pessoas que moravam comigo. Tem sido uma ótima oportunidade para aprender com suas histórias“, diz.

​Convite para um café: conheça melhor o #CafeComVito

Victor conta que até agora tem quase 60 registros no seu Instagram e que algumas pessoas já participaram e aceitaram o convite para um café, mas não quiseram que fosse publicado, o que totaliza uma média de 80 cafés. “Quando eu convido alguém é porque aparece o nome em alguma rede social minha e eu penso: ‘poxa, gostaria de tomar café com essa pessoa'”. Mas, de acordo com ele, também pode ocorrer de amigos cobrarem ou mesmo pedirem para participar e não tem regra nem seleção.

Café com Vito #59 – Isabela Gómez Nos últimos anos eu me dediquei bastante ao trabalho. Não que não me dedique mais, até porque atualmente estou trabalhando em vários projetos. Mas isso me fez me questionar bastante ultimamente. A vida adulta traz muitas responsabilidades, e com ela chega o cansaço e as incertezas. Talvez seja a idade, 30, que tenha trazido momentos de reflexão sobre o que quero e para onde vou. Percebi que essas responsabilidades na verdade pesam porque abraço mais do que posso suportar. Seja por mim mesmo ou porque aprendi que seria bom, ou tem que ser, dessa forma. É necessário pisar um pouco no freio às vezes. Recentemente tive a oportunidade de voltar a morar na minha cidade. Perto da minha família, velhos amigos e principalmente da minha filha. Uma decisão que me trouxe mais paz e capacidade de olhar as coisas de uma outra perspectiva. Tenho aprendido que não preciso viver para trabalhar, que é importante aproveitsr mais a vida e o que ela tem de tão bom. Todas as coisas vão se encaixar como devem ser, mas eu preciso me encaixar mais no aqui e agora, estar presente. Bela, que tenhamos mais cafés iguais a esse. Foi ótimo e passou muito rápido, tanto que nem vi que já éramos os últimos clientes. Muito obrigado pelo papo e companhia. Nos vemos no próximo. ☕ . . . Eu convido pessoas (sejam conhecidas ou não) para tomarem um café comigo a fim de estreitar e explorar os relacionamentos interpessoais que acabamos perdendo nessa era digital. O texto, que acompanha as fotos, é a minha reflexão sobre o que conversamos. Vamos tomar um café? #cafecomvito

Uma publicação compartilhada por Victor Freitas (@viktorfreitas) em

A conversa ocorre naturalmente, sem roteiro. Ele procura também conhecer as histórias de vida das pessoas na essência, e não só o que elas fazem para viver e suas questões de trabalho, problemas ou mesmo as conquistas do dia a dia. “​Focamos muito na vida digital e esquecemos de ter conversas reais olho no olho. E quando um “desconhecido” para para te ouvir, te conhecer de verdade, é algo que pode ser maravilhoso. As pessoas, muitas vezes, se emocionam”, comenta.

Leia também:

Abordar pessoas completamente desconhecidas nas cafeterias também é algo que está nos planos de Victor. “Ainda não o fiz. Não tenho ideia de como vai ser, apenas vou deixar acontecer”, completa.

Australiano começou o seu projeto em 2014

Matt Kulesza é o australiano de 28 anos, que inspirou o #CafeComVito. Ele decidiu marcar encontros em cafés com seus mais de mil amigos no Facebook. A iniciativa leva o nome de “1000+ Coffees”  e tudo fica registrado no blog. Em reportagem ao Portal G1, ele contou que, na rede social, ele só tem pessoas com quem já encontrou pelo menos uma vez.


​​A tecnologia facilitou muita coisa, é verdade, mas também vem causando uma super transformação na forma como nos relacionamos com as pessoas. Que essa proposta se multiplique não só na rede, mas no nosso dia a dia! Por menos dedo na tela e mais olho no olho. Não é incrível o que um simples convite para um café pode fazer?

Sabe aquele amigo que você não vê faz tempo e que mora na mesma cidade? Que tal fazer um convite para um café? Conte para gente o que achou usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo. 

Fotos: Reprodução/Instagram

Compartilhe com seus amigos:

Café oferece emprego para pessoas com deficiência

Hoje é o Dia Internacional da Síndrome de Down e vamos aproveitar para mostrar um exemplo inspirador e que tem tudo a ver com café. A cafeteria Bitty & Beau’s, que fica na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, oferece emprego para pessoas com deficiência, inclusive aquelas com Síndrome de Down.

Foto: Reprodução/Facebook

Cientes da dificuldade que as pessoas com qualquer tipo de deficiência têm para encontrar um posto de trabalho em seleções tradicionais, os donos Amy Wright e o marido resolveram fazer diferente. A ideia de oferecer emprego para pessoas com deficiência surgiu porque eles são mesmos são pais de dois filhos com Síndrome de Down.

Defensores da inclusão e aceitação de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, a cafeteria abriu as portas em janeiro de 2016, com 19 funcionários. Todos eles com deficiências intelectuais e de desenvolvimento. Hoje, são mais de 40 empregados.

Viva a diversidade! Vamos torcer para que iniciativas como essa se espalhem pelas cafeterias do Brasil e do mundo, né?

Endereço:

4949 New Centre Drive
Wilmington, NC 28403

Conheça um pouco mais sobre eles (vídeo em inglês):

Emprego para pessoas com deficiência ainda é uma dificuldade

Casos extremos existem. Mas, vale considerar que também existem pessoas com deficiências físicas ou mentais que são perfeitamente capazes de realizar qualquer trabalho com o mesmo rendimento e comprometimento que qualquer outra pessoa.

No Brasil, o cenário vem melhorando, o que demonstra uma leve queda no nível de preconceito na sociedade. Nesta terça-feira, o Ministério do Trabalho informou através da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) que 32.144 pessoas com deficiência mental ou intelectual ocupam postos de emprego formal no Brasil. Em 2013, esse número era de 25.332.

Você vai gostar de ler:

O que achou do exemplo desse café que dá emprego para pessoas com deficiência, nos Estados Unidos? Tomara que a ideia se espalhe pelo mundo! Dê a sua opinião usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo e compartilhe com os seus amigos pelas redes sociais. 

Foto de destaque: Reprodução/Facebook

Compartilhe com seus amigos:

Café mais bonito do mundo fica em Budapeste, na Hungria

O New York Café abriu suas portas em 1894, em Budapeste, na Hungria. Em seleção feita pelo UCityGuides ele foi considerado o café mais bonito do mundo. É maravilhoso mesmo! Tão lindo que emociona. Logo que eu entrei, uma pequena orquestra tocava música clássica bem ao fundo, na parte superior. Assim que terminou, o pianista, que estava posicionado do outro lado do salão, começou o seu show. Teve, inclusive, “Garota de Ipanema”.

Não tem como não se emocionar, a sensação é de que se está voltando no tempo, entrando em um livro de história. Falando nisso, vou contar um pouco da história do lugar para vocês.

A história do café mais bonito do mundo

O New York fica no edifício Grand Boulevard, um dos mais lindos de Budapeste. Tudo começou no século XIX, mais precisamente em 1894, e era o ponto de encontro de intelectuais e artistas da época. A alta sociedade não era tão adepta ao local como era esperado porque não gostava das esculturas na parte externa, que lembram diabos. Isso, por sua vez, agradava aos artistas e intelectuais.

Você vai gostar:

Foto: Site Oficial/Reprodução

Os atendentes eram especialmente treinados para saber os hábitos e horários dos seus clientes, um diferencial considerável para a época. Com o passar do tempo e os períodos de guerra, o New York passou por períodos de pausa e trocas de gerência até que em fevereiro de 2001 o grupo italiano Boscolo comprou o prédio para instalar o Boscolo Hotel Budapest e, então, restaurar o café, preservando toda a história e o tanto que cultura que está guardada ali.

A decoração é repleta de mármore, veludo vermelho, ouro e bronze, além de abajures venezianos, que são verdadeiras obras de arte. O teto é um show à parte, com afrescos de Gusztáv Mannheimer e Ferenc Eisenhut, trazendo referências de meados dos anos 1800.

Foto: Site Oficial/Reprodução

Desde 2006, quando acabou a reforma, é possível parar para observar e saborear um cafezinho ou mesmo jantar. Para quem não quer ter surpresa na hora da conta, dá para consultar o cardápio e os preços em euros pelo site.  Uma verdadeira viagem à Belle Èpoque com cafés excelentes. Vale a visita!

New York Café – Budapeste

Erzsébet körút 9-11, Budapeste, Hungria.

Funciona de segunda a domingo, das 8h às 00h.

O que você achou do café mais bonito do mundo? Já passou por lá ou tem vontade de conhecer? Conte nos comentários ou compartilhe nas redes sociais usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo. 

Foto de destaque: Site Oficial/Reprodução

Compartilhe com seus amigos:

Café na casquinha chega a São Paulo

Quem anda circulando pelo bairro do Itaim Bibi, em São Paulo, já pode ter visto a novidade do momento: café na casquinha. A foto, provavelmente, você já viu pelo Instagram ou por outra rede social. O jeito diferente de saborear a nossa bebida favorita é possível encontrar na Davvero Gelato,  que tem 2 anos em São Paulo é conhecida por sua linha de produtos sem glúten e sem lactose.

Café na casquinha: onde tem e quanto custa?

A Davvero Gelato vende essa delícia por R$ 12. A casquinha é preparada diariamente de forma artesanal pela equipe da gelateria. E tem mais: antes de colocar o cafezinho, tem uma camada generosa de chocolate belga Callebaut. Já o café é Nespresso e você pode escolher entre os 4 tipos de cápsulas disponíveis.

Você pode gostar:

A loja tem dois endereços em São Paulo, mas, por enquanto, só o do Itaim Bibi é que serve o café na casquinha com chocolate para quem quiser provar. Confira:

Unidade Itaim Bibi

Rua Pais de Araújo, 129, Itaim Bibi, São Paulo – SP

Telefone: +55 11 3881-6552

Onde começou a ideia do café na casquinha?

O grande inventor dessa maravilha de café na casquinha é o barista Dayne Levinrad, que trabalha no The Grind Coffee Company, na África do Sul. Ele patenteou a invenção, com a sua receita oficial, mas, é claro, que é possível encontrar opções parecidas pelo mundo todo, como essa que a gente acabou de ver.

E aí, curiosos para provar o café na casquinha com chocolate? Lógico, né? Compartilhe com a gente a sua opinião nos comentários e nas redes sociais usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo.

Foto de destaque: Divulgação/Davvero

Compartilhe com seus amigos:

Caffè Florian: parada obrigatória em Veneza

Tudo começou em dezembro de 1720 e segue operando maravilhosamente bem desde então. O Caffè Florian tem quase 300 anos, gente! Ele é o café mais antigo da Itália e tem esse nome em homenagem a Floriano Francesconi, o primeiro proprietário da casa.

A história do Caffè Florian

O Florian já foi cenário de mudanças econômicas e sociais importantes e no começo eram apenas 2 salas. O que vemos hoje é resultado da última restauração, começada por volta de 1858 e terminada em 2012, com 3 salas a mais. São 5 salas, todas com afrescos, sofás em veludo vermelho, detalhes em dourado e mármore.

Tem a Sala do Senado, a mais importante para os Venezianos, dada a sua importância histórica e artística. Em 1893, foi ali que nasceu a ideia Bienal de Veneza, que viria a sair do papel 2 anos depois; a Sala Chinesa, com obras de Antonio Pascutto; a Sala Oriental, com pinturas do veneziano Giacomo Casa, datadas da segunda metade do Século XIX; a Sala das Estações, toda em motivos florais, com a inspiração do famoso arquiteto italiano Ludovico Cadorin; e, por último, a Sala Liberdade, que é a menor de todas e também tem influência floral. Essa última tem espelhos pintados à mão e foi criada em 1920 para marcar o bicentenário do café e mais tarde foi usada para armazenamento. Em 1986, foi restaurada e voltou a funcionar.

Estar em uma das salas do Florian é como voltar no tempo! Goethe, Rousseau, Balzac, Marcel Proust e Modigliani são alguns exemplos de frequentadores do Caffè nesses quase 300 anos de vida, já que por algum tempo era a única cafeteria que permitia a entrada de mulheres.

Você vai gostar de ler:

O cardápio do Caffè Florian

Para comer, pedimos um Toast Florian (com presunto, queijo e um molho da casa delicioso), um Tiramisù (dos deuses!!!) e dois cafés, sendo o da esquerda o Caffè dell’Imperatore (café, licor de zabaione e creme de leite) e o Caffè del Doge (café, creme de gianduia da casa, creme de leite e avelã). Tem opções para todos os gostos e é difícil escolher! Dá uma olhadinha aqui no cardápio completo.

Não é barato, tá? (A conta da mesa abaixo ficou em torno de 50 euros). Mas, garanto que é uma experiência histórica e gastronômica que vale a pena!

Caffè Florian

Endereço: Piazza San Marco, 57, Veneza (Itália)

Aberto todos os dias. De segunda a quinta-feira, das 10h às 21h. Sextas e sábados, das 9h às 23h. Domingos, das 9h às 21h.

E-mail: servizi@caffeflorian.com

Tel.: +39 041 520 56 41

Gostou de conhecer um pouquinho mais sobre o Caffè Florian em Veneza? Deixe um comentário e compartilhe com seus amigos usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo.

Foto de destaque: Pixabay

Compartilhe com seus amigos:

Pintura feita com café é parte do trabalho deste brasileiro

A ilustração faz parte da vida de Dirceu Veiga desde 1994. Ele é da cidade de Curitiba, no estado do Paraná, e, entre os trabalhos disponíveis no seu portfólio, o café tem um cantinho especial. A técnica da pintura feita com café, ou Coffee Art, começou a ser feita por ele em 2007 e o resultado é, no mínimo, inspirador.

Quer ter a sua pintura feita com café?

As pinturas de Dirceu são feitas em tela, usando café espresso de diferentes torras, para conseguir os vários tons, e água.

Confira alguns exemplos:

O artista também faz um trabalho em festas, eventos, convenções e feiras, com caricaturas feitas ao vivo. Além disso, quem desejar ter o seu retrato feito com o café, pode encomendar pelo site dele.  

É só enviar a foto, o artista faz uma avaliação e responde em seguida se é possível fazer a pintura.

O trabalho é feito em uma tela de 30cm x 40cm e é entregue sem moldura, pelos Correios. O valor do trabalho é de R$280* mais a taxa de envio. Metade valor deve ser pago antes da entrega e a outra metade após você ver o trabalho pronto ainda antes do envio.

Você recebe a sua pintura feita com café até 10 dias corridos após a confirmação do pagamento. Ele usa um verniz fosco para finalizar o trabalho e proteger a pintura, que pode sofrer um leve escurecimento com o tempo, mas a durabilidade é garantida.

Quer entrar em contato com ele e ter uma obra de arte com cheirinho de café em casa? O e-mail dele para contato é veiga.dirceu@gmail.com.

Outro bom e lindo exemplo de profissional que usa o café para produzir e incentivar a arte é a Maria A. Aristidou. Ela mora no Reino Unido e descobriu a ilustração com café por acidente.

*O valor do trabalho foi consultado no site oficial na data de publicação dessa matéria e pode sofrer alteração.

Gostou de conhecer mais esse trabalho de pintura feita com café ou lembrou de um outro artista para contar pra gente? Comente aí e compartilhe usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo. 

Fotos: Reprodução/Site Oficial

Compartilhe com seus amigos:

Maria A. Aristidou e suas pinturas incríveis com café

Ela é decoradora de bolos e a primeira ilustração com café saiu por acidente e mudou sua paleta de cores. Maria A. Aristidou é do Chipre, vive no Reino Unido e faz pinturas incríveis usando papel, água e até 5 misturas de café diferentes.

O trabalho viralizou nas redes sociais e Maria abriu o Maria A. Aristidou Studio, com o intuito de ajudar a promover outros artistas, a criatividade e a arte. Ela faz releituras de pinturas clássicas e até ícones da cultura pop e celebridades. Já foram alvo de suas pinceladas alguns ícones como: Monalisa, Steve Jobs, The Beatles, Charles Chaplin, Frida Khalo e vários personagens de filmes, inclusive da Disney. Esses são só alguns exemplos de um trabalho lindo e que vale a pena conhecer!

Veja como são feitas as pinturas incríveis da Maria

Nos vídeos, você acompanha um pouquinho mais da técnica e do processo criativo da artista ao dar vida a suas pinturas incríveis:

Mickey e Minnie, da Disney

Frida Kahlo

Veja mais exemplos de obras da artista, que estão disponíveis em sua conta no Instagram (@Ma_Aris) e até na sua página do Facebook:

Para entrar em contato com ela, você também pode enviar um e-mail para mrs.aristi@gmail.com.

Se você faz ou conhece alguém que faça algum trabalho artístico legal com café, mande para a gente pela página de contato ou pelo e-mail contato@umcafezinho.com.br. Vamos adorar conhecer e mostrar aqui.

Você vai achar isso bacana:

Gostou de conhecer o trabalho e as pinturas incríveis dessa artista maravilhosa? Conte nos comentários e compartilhe usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo.

Fotos: Reprodução/Instagram Oficial

Compartilhe com seus amigos:

Quer tomar cappuccino de graça? Doe um brinquedo

Começou no último dia 1 mais uma edição do Projeto Natalatte, em São Paulo, e você pode tomar cappuccino sem pagar nada e ainda praticar a solidariedade. Com a ideia de trazer mais alegria e esperança para crianças carentes da Zona Sul da cidade no período das festas de final de ano, o barista Ton Rodrigues fez uma parceria com a ativista social Bruna Dorneles em 2013 e, desde então, o cappuccino se tornou um instrumento de responsabilidade social.

Você pode tomar cappuccino gratuitamente a ajudar ao próximo

O Projeto Natalatte funciona de forma bem simples. Você faz uma triagem em casa dos brinquedos em bom estado e que podem ser doados, escolhe uma das cafeterias participantes e leva o brinquedo até lá. Pronto! É só retirar e tomar cappuccino onde você entregar a doação.

Neste ano, 37 cafeterias espalhadas pela cidade de São Paulo estão apoiando o movimento social e, além disso, serão promovidas oficinas para toda a família, por um valor simbólico de R$ 50.

natalatte-2016

Escolha a cafeteria mais próxima de você e participe:

Centro

1 . Banri Café
Rua Galvão Bueno, 160, Liberdade.

2 . Beluga
R. Dr. Cesário Mota Jr. 379, Consolação.

3 . Béni Café
Rua lubavitch, 79. Próximo ao Parque da Luz.

4 . Isso é Café
Rua Carlos Comenale, s/nº, no Mirante da 9 de Julho.

5 . Lobo Café
Rua Haddock Lobo, 893

6 . PPD . Por Um Punhado de Dólares
R. Nestor Pestana, 115, Consolação

7 . Soul Café
Rua Augusta, 1524, Loja 6

8 . Toque de Café
Av. Brigadeiro Luis Antônio, 2504

9 . True Love Barchonete
Rua Augusta, 837

10. Um Coffee Co.
R. Júlio Conceição, 553

11. Urbe Café Bar
Rua Antonio Carlos, 404

Zona Oeste

12. Aro 27 Bike Café
Rua Eugênio de Medeiros, 445

13. HM Food Café
Rua Ferreira de Araujo, 1056

14. KOF. King Of The Fork
Rua Artur de Azevedo, 1317

15. Lemni Café
Rua Simão Álvares, 781

16. Nano Cafés Especiais
Rua Girassol, 481

17. Octavio Café
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.996

18. Sofá Café
Loja Pinheiros: Rua Bianchi Bertoldi, 130
Loja CBB: Rua Ferreira de Araújo, 741 (dentro do CBB)
Loja Shopping Cidade Jardim: Food Hall

19. SP Lovers Café
Rua Oscar Freire, 1921

20. The Little Coffee Shop
Rua Lisboa, 357

21. Torra Clara Café
Rua Oscar Freire, 2286

Zona Sul

22. Alice Café
Rua Cubatão, 305

23. Beth Bakery
Rua Paula Ney, 338

24. Clemente Café
Rua Coronel Lisboa, 659

25. Cuore Café
Rua Renato Paes de Barros, 484

26. Musette Café
Rua Nova Cidade, 402

27. O Café
Rua Florida, 1598

28. Rua Coffee Roasters
Rua Ramos Batista, 198

29. Sweety Ice Café
Rua Três Irmãos, 134

30. Tess Kitchen
Rua Gomes de Carvalho, 116

31. 1268 Café
Rua Berta, 111

Zona Leste

32. Calla Café
R. Emílio Mallet, 886

33. Sprint Academia
Rua Ibitirama, 1825

ABC Paulista

34. Les Amis
Rua Santa Catarina, 169, São Caetano do Sul

35. Raspa do Tacho
Rua Cavalheiro Ernesto Giuliano, 840, São Caetano do Sul

36. The Coffe Is On The Table
Rua Adolfo Bastos, 68, Santo André

Outros

37. Âncora Coffee House
Rua Rio Grande do Sul, 1102, Poços de Caldas

Oficinas do Projeto Natalatte 2016

Dia 05/11/2016

– Das 10h às 12h – Yoga para pais e filhos, com Camisa Raso
– Das 14h às 16h – Biscoitos Natalinos, com Mariana Oshiro

Dia 12/11/2016

– Das 10h às 12h – Chás e Sabores, com Daniela Reis
– Das 14h às 16h – Águas frescas, com Thiago Nego

Dia 19/11/2016

– Das 10h às 12h – Café caseiro. Barista mirim, com Lucas Salomão
– Das 14h às 16h – Cupcakes coloridos e divertidos, com Maurício Ito

Dia 26/11/2016

– Das 10h às 12h – Mão na massa: La spaghettata, com Francesco Tridico
– Das 14h às 16h – Pão em família, com Iza Tavares

Dia 03/12/2016

– Das 10h às 12h – Customização de papertoy, com Robin Kimura
– Das 14h às 16h – Drinks não alcoólicos de verão, com Nina Rodrigues

Vagas limitadas!

1 vaga = 1 adulto ou 1 adulto + 1 criança = R$ 50

Para mais informações, envie um e-mail para natalattesp@gmail.com.

As doações podem ser feitas até o dia 1 de dezembro de 2016. Gostou da ideia? Entre nessa corrente do bem e faça o Natal de alguém mais feliz! Vamos torcer para que essa iniciativa incrível se espalhe pelo país e pelo mundo.

Doe brinquedos e vá tomar cappuccino sem pagar nada. Deixe um comentário e compartilhe essa ideia com seus amigos nas redes sociais usando a hashtag #UmCafezinhoPeloMundo.

Foto de destaque: Pixabay

Compartilhe com seus amigos: